Páginas

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Esmagar o trotskismo!

A bandeira da IVª Internacional trotskista, aproveitando o coro que os troskos fazem junto com os reacionários.

Tem gente que diz que o debate entre trotskistas e defensores de Stalin é algo desgastante e não é proveitoso, e deve ser evitado, mas a verdade é que se engana quem pensa dessa forma, já que o trotskismo é uma corrente totalmente oportunista e contra-revolucionária, disposta a formar alianças com todos os setores reacionários para ganhar um simples cargo ou o reconhecimento dos reacionários, que além dos troskos, são os únicos que vomitam asneiras contra o timoneiro Stalin.
Do ponto de vista do marxismo, o que move o mundo é a unidade e luta de contrários, ou seja, a luta entre trotskismo e defensores de Stalin não é apenas uma infantilidade movida por intrigas, mas sim, uma luta ideológica, onde somente a idéia correta prevalecerá, eis a luta entre contrários.
É errado atacar o trotskismo? Não, e por isso faço questão de expor os pontos contra-revolucionários de Trotski e de seus capangas, para que isso sirva de guia para os mais novos e menos entendidos:

1-     Trotski até o início de 1917 era do partido menchevique e era feroz  inimigo do bolchevismo e do leninismo, tendo aderido ao partido bolchevique pouco antes da revolução;
2-     A teoria da revolução permanente, encabeçada por Trotski era uma intrepretação errada de um escrito de Karl Marx datado de 1850. Lênin fez questão de desmascarar a inutilidade deste tese em 1911, tanchando-a de semi-menchevique;
3-     Trotski já se mostrava claramente contrário à Lênin desde 1903, mas, depois que entrou no Partido Bolchevique, suas intrigas anti-leninistas foram apaziguadas, e reapareceram em 1923;
4-     Os troskos com suas falsas propagandas dizem que quem criou o termo “trotskismo” foi Stalin, o que não passa de uma intriga absurda mas que pode confundir até os mais estudados, pois bem, quem usou primeiramente o termo “trotskismo” foi Lênin, ainda no ano de 1911, época em que Stalin já era membro do Partido bolchevique e enquanto Trotski estava a papagaiar lorotas no partido menchvique contra Lênin, mas, quem criou o termo “stalinismo” foi o próprio Leon Trotski;
5-     Trotski fundou uma ala dentro do Partido Bolchevique, chamada “Oposição de Esquerda”, mas, que tipo de bolchevique é esse que faz oposição ao próprio Partido Bolchevique? Lênin já havia advertido que o anti-bolchevismo de Trotski não era mero acaso. Lênin também ensinou que a criação de alas dentro do partido, além de quebrar a unidade, era um sinal de indisciplina e individualismo. Daí vem os troskos dizerem “Trotski bolchevique roxo”;
6-     Apesar do triunfo da revolução bolchevique em 1917, e dos primeiros passos rumo à consolidação do poder socialista, em 1927, Trotski ainda insistia que se os demais países da Europa não virassem socialistas, a URSS logo cairia, na verdade, nem uma intervenção de forças militares fascistas conseguiu pôr abaixo a ditadura do proletariado. No ano de 1934, Trotski voltou atrás, dizendo que a base do partido era saudável, mas que o comitê central era quem estava degenerado, mas, convenhamos, de onde partiria as ordens que manteriam a base do partido “saudável” se não as ordens vindas do “degenerado” comitê central;
7-     Segundo o presidente Mao, Tio Ho, Stalin e até o próprio revisionista Tito, Trotski atuava à serviço do fascismo, utilizando-o junto com seus agentes contra-revolucionários como meio de darem um golpe de estado pseudo-revolucionário na URSS, esse plano ficou bem claro durante as investigações e depoimentos colhidos durante o processo do bloco trotskista-zinovievista na URSS em 1937.

2 comentários:

  1. Quando vi a foto, logo vi o número da Besta política brasileira: 45
    Só depois percebi que é uma suástica. heheheh

    Fica a idéia pra uma charge. :)

    Excelente texto, camarada!

    ResponderExcluir
  2. Ótimo texto, amigo. Poderia me passar os artigos de Lenin em que ele usa a palavra trotskismo e que fala sobre revolução permanente? Não encontrei nada na net.

    ResponderExcluir